Textos

Submissão a Deus
Submissão a Deus

No meio cristão, todos se dizem servos de Deus, mas poucos são os que se submetem ao senhorio dele. Aliás, apesar do exemplo dado e deixado pelo mestre Jesus, não vemos muitos imitando-o. Por que isso acontece ou qual a razão para isso?

Alguns registros incluídos nas sagradas escrituras mostram servos chamados e comissionados para missões das quais eles se desincumbiram com esmero, nada obstante não terem tradição como profetas ou sacerdotes.

Um desses casos foi Amós, o qual disse que não era profeta nem filho de profeta, mas boiero e cultivador de sicômoro, e o Senhor o chamou dessas funções e o mandou profetizar para Israel.

Outro foi Eliseu. Este se encontrava arando a terra com doze juntas de bois, e Elias lançou a sua capa sobre ele, o qual deixou o que fazia e seguiu aquele profeta, tendo sido ungido por ele para substituí-lo nessa função após o arrebatamento dele.

Ainda mais outro, Davi, que era pastor de ovelhas do seu pai, e Deus mandou ungi-lo rei sobre as doze tribos de Israel em substituição de Saul, o primeiro rei daquele povo.

Num passado mais recente, na nova dispensação da graça, os apóstolos escolhidos por Jesus dentre os seus discípulos para esse ministério.

Também Paulo, o maior evangelista, escolhido como apóstolo dos gentios. Ele fundou igrejas na Ásia, Europa, etc, e acabou a sua vida decapitado pelos Romanos.

E Jesus, o qual sendo igual a Deus não usurpou o ser igual a Ele, mas se fez de servo, e se deixou bater, cuspir, zombar e matar, para ser exemplo e modelo para os seus seguidores. Quando próximo da sua prisão, disse em oração ao Pai: “Se for possível passa de mim esse cálice, mas não seja feito segundo a minha vontade mas a tua”.

Outra grande serva submissa foi Maria, sua genitora, a qual, quando avisada que seria mãe do Salvador, disse: “Eis aqui a serva do Senhor, cumpra-se em mim segundo a sua vontade”.

Mas, e hoje, quantos aceitam sofrer por amor de Cristo? Muitos têm sido chamados, recebido dons, mas não se entregam completamente, e ficam divididos entre servir a Deus e servir a homens, seja em trabalho secular, seja como mulher e mãe. Servem a Deus nas horas vagas ou quando lhes sobra tempo, o que é quase impossível.

Paulo escreveu que, se estivesse servindo a homens, ele não poderia ser servo de Cristo.

Alguns esperam por um chamado de viva voz por Deus, o que não ocorre por não ouvirem a sua voz e não darem fruto, razão porque não são limpos para darem mais frutos.

Jesus disse aos seus discípulos para que orassem ao Pai para que ele mandasse trabalhadores para a seara, porque ela é grande, mas poucos os ceifeiros.

Alguns se arvoram ser mestres, apesar de não entenderem o que dizem, e ainda se opõe aos que estão semeando a palavra de Deus e se esforçando para cumprir o IDE mandado por Jesus.

Ferryboat Obidense III - Rio Amazonas entre o município de Oriximiná, Pará, e o Estado do Amazonas, 02/03 de janeiro de 2018.

Por Oli Prestes
Missionário
oliprest
Enviado por oliprest em 05/01/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oli de Siqueira Prestes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr